MPF vai investigar o Carrefour por vender combustível mais barato na Paraíba

O Ministério Público Federal (MPF) na Paraíba instaurou inquérito para investigar supostas irregularidades na venda de combustíveis pelo Carrefour. De acordo com o órgão, a representação da conta de possível prática de dumping pela empresa.

O dumping se configura quando uma empresa faz uso da prática de vender produtos ou serviços com preços extraordinariamente abaixo do valor praticado pelo mercado. Segundo o MPF, o Carrefour estaria comercializando combustíveis por preço inferior do de mercado.

O procurador da República Werton Magalhães Costa informou que foram solicitadas informações à empresa, no entanto, até o fim do prazo estabelecido, o Carrefour não se manifestou.

Desta forma, o procurador entendeu que existe a necessidade de apuração mais detalhada da eventual prática ilícita.

OUTRO LADO

Na tarde desta terça-feira (26), a assessoria enviou uma nota com o posicionamento sobre o caso. Leia abaixo:

Nota à imprensa

A empresa informa que se manifesta nos autos do processo e reforça que opera sempre em linha com a legislação vigente, respeitando a livre concorrência de mercado.



Fonte: Ekonomy

Créditos: Ekonomy

 


DEIXE SEU COMENTÁRIO