Morre irmã Leal aos 83 anos; em nota, Diocese lamenta morte da missionária

É com pesar que a Diocese de Guarabira comunica o falecimento da irmã Leal, grande missionária, catequista e amiga dos pobres. Gritou as injustiças do mundo, lutou pelos excluídos e se fez propagadora da justiça e da paz. Agora, está com Deus!

İrmã Antonia de Souza Leal, nasceu no Piauí no Sítio Cupim em 12 de março de 1936. Veio da Congregação Catarina de Sena, chegando na Diocese de Guarabira em 1956. Passou 11 anos no Colégio da Luz e em 2 de março de 1978, foi fazer inserção como irmã dos Pobres de Javé, morar no bairro do Rosario. Há 41 anos, morava na rua Filomena Cavalcante, 87, Bairro do Rosário de Guarabira.

O velório acontece em sua residência. A missa de corpo presente será celebrada na igreja do Rosário, logo mais as 16h, e o sepultamento ocorre nesta quarta-feira, 25, às 17h.

NOTA:

A Diocese de Guarabira, em comum acordo com familiares e orientação médica, comunica que a Missa de corpo presente da Irmã Leal – a irmã dos pobres – será celebrada ainda hoje às 16h, na Igreja do Bairro do Rosário, em Guarabira, e o sepultamento acontecerá na sequência, às 17h.

Ela cumpriu marcou uma geração como grande missionária, catequista e amiga dos pobres. Gritou as injustiças do mundo, lutou pelos excluídos e se fez propagadora da justiça e da paz. Agora, está com Deus!

İrmã Antonia de Souza Leal, nasceu no Piauí no Sítio Cupim em 12 de março de 1936. Veio da Congregação Catarina de Sena, chegando na Diocese de Guarabira em 1956. Passou 11 anos no Colégio da Luz e em 2 de março de 1978, foi fazer inserção como irmã dos Pobres de Javé, morar no bairro do Rosario. Há 41 anos, morava na rua Filomena Cavalcante, 87, Bairro do Rosário de Guarabira.

Descanso eterno dá-lhe Snehor, a luz perpétua a ilumine!

Da Pascom/Diocese de Guarabira


DEIXE SEU COMENTÁRIO