Indonésia retoma buscas por desaparecidos após tsunami

Destroços em ilha na Indonésia atingida pelo tsunami — Foto: Sonny Tumbelaka/AFP

O governo da Indonésia retomou nesta quarta-feira (26) os trabalhos de busca das 154 pessoas consideradas desaparecidas após o tsunami que varreu no último sábado o litoral do estreito de Sonda. Segundo o último balanço oficial, o número de mortos chegou a 429. Além disso, mais de 1,5 mil pessoas ficaram feridas pelo tsunami, que deixou mais de 16 mil desalojados.

A chuva volta a complicar a missão das equipes de resgate no quarto dia de busca por sobreviventes entre os destroços de edifícios que desabaram e carros que foram arrastados.

Uma forte erupção do vulcão Arak Kratatau provocou o tsunami, que chegou ao litoral do estreito de Sonda sem que os alarmes de onda gigante fossem disparados.

O temor de um novo evento similar devido a contínua atividade do vulcão fez com que o governo da Indonésia pedisse para que os moradores da região evitassem o mar nos próximos dias.

Na tarde desta terça-feira (25), centenas de pessoas buscaram pontos mais altos do distrito de Sumur, na ilha de Java, depois de ouvir uma nova explosão no Anak Krakatau. No entanto, a erupção não provocou grandes consequências.

A Agência Nacional de Gestão de Desastres da Indonésia afirmou que o sistema de alerta de tsunamis provocado por vulcão não funciona desde 2012. As boias instaladas para detectar uma repentina alta da maré foram alvo de vandalismo. As autoridades também não têm os recursos necessários para fazer a manutenção do sistema.

A Indonésia lembra nesta quarta-feira (26) das 167.799 pessoas que morreram devido ao grande tsunami que atingiu o país em 2004, provocado após um terremoto de magnitude 9,3 no norte de Sumatra. O tremor também deixou vítimas em outros países banhados pelo Oceano Índico. As estimativas oficiais apontam que 230.723 pessoas morreram na tragédia.

Diferentes cerimônias religiosas estão marcadas para a noite na província de Aceh, a mais afetada pelo tsunami.

g1


DEIXE SEU COMENTÁRIO