Amigos deixam flores em local do desabamento de falésia que matou família em Pipa

Amigos da família que morreu após o desabamento de parte de uma falésia em Pipa fizeram uma homenagem nesta quarta (18) e deixaram flores no local do acidente.

Stella Souza, de 33 anos, Hugo Pereira, de 32, e o filho deles, Sol, de 7 meses, aproveitavam um dia de folga nesta terça (17) quando parte de uma falésia desabou sobre eles. Os três morreram na hora. O cachorro da família, que estava com eles, também morreu.

Os corpos foram sepultados na manhã desta quarta no cemitério público de Tibau do Sul. A Prefeitura interditou parte da faixa de areia na região onde aconteceu o acidente, mas as estacas colocadas na manhã desta quarta foram derrubadas pelo mar no início da tarde.

Estacas colocadas para interditar faixa de areia próximo ao local onde falésia desabou foram derrubadas pela força da maré — Foto: Juliane Barreto/Inter TV Cabugi

De acordo com a Defesa Civil do Estado, geólogos e engenheiros civis analisam a área para apontar riscos e possíveis soluções. O prefeito de Tibau do Sul, Antônio Modesto, informou que será feito um corredor com estacas de eucalipto para as pessoas passarem afastadas das falésias.

Stella Souza, de 33 anos, Hugo Pereira, de 32, e o filho deles, Sol de Souza, de 7 meses, morreram no local — Foto: Arquivo pessoal

O acidente

Hugo aproveitava um dia de folga na praia com a mulher, Stella Souza, o filho de 7 meses e o cachorro da família quando aconteceu o acidente por volta de meio dia.

Igor Caetano, empresário de passeio náutico, viu o acidente e disse que Hugo, Stella e o filho estavam sentados perto da falésia.

“Ainda deu tempo de a mãe tentar segurar a criança, por isso que os adultos estavam mais machucados, porque a mãe estava abraçada com ele [o bebê].”
“A gente cavou até encontrar o pai, e depois encontramos a mãe e a criança. O menino ainda estava respirando. Por coincidência, uma médica estava passando aqui na hora, ela tentou reanimar a criança, mas não teve mais jeito”, disse Igor.

Os moradores da região dizem que a falésia é um risco para banhistas e costumam alertar sobre o perigo de acidentes. Conforme as marés enchem e atingem a falésia, sua base vai sendo desgastada, o que deixa a parte de cima mais vulnerável a desabamento.

Pipa é um distrito de Tibau do Sul, que fica a cerca de 100 km de Natal, e é um dos principais destinos turísticos do Rio Grande do Norte. Além das praias, o local é conhecido por festivais culturais e gastronômicos.


DEIXE SEU COMENTÁRIO