“Aceitem a decisão popular”, diz Meireles a Paulino e Toscano sobre ‘golpe’ contra João

O vereador Renato Meireles, que recentemente anunciou que vai aguardar o período de “janela partidária” para se filiar ao partido Cidadania, usou parte do seu discurso na tribuna da Câmara Municipal de Guarabira, na tarde desta terça-feira (11), para rebater os deputados estaduais Raniery Paulino (MDB) e Camila Toscano (PSDB) em relação ao pedido de impeachment do governador João Azevêdo (Cidadania), visto por ele como ‘golpe’.

“Quero direcionar a minha fala ao deputado Raniery Paulino e a deputada Camila Toscano. É preciso lembrar que o governador João Azevêdo teve 1.119.758 votos, que acreditaram no projeto de governo de João Azevêdo. É preciso lembrar ao deputado e a deputada que antes de assinar o pedido de impeachment, Guarabira deu 12.499 votos a João Azevêdo. Ou seja, precisamos respeitar a democracia”, frisou Renato.

Meireles também mandou os deputados guarabirenses aceitarem a derrota de 2018 nas urnas e respeitarem a decisão popular.

“Eu não quero acreditar que a oposição não conseguiu nos votos derrotar o governador João Azevêdo, e agora quer no ‘tapetão’, na surdina, sem ter o apelo popular, tirar o governo que foi eleito democraticamente pelo povo da Paraíba. Então digo ao deputado Raniery e a deputada Camila: aceitem a derrota. Aceitem a decisão popular. Porque é isso que o povo paraibano, o povo de Guarabira, decidiu e nós temos que respeitar”, disse o vereador.

Renato ainda julgou como infundado o pedido de impeachment do governador João Azevêdo, que segundo ele fere o estado democrático de direito e serve somente para desnortear o governo.

“Não poderia me furtar de falar desse momento que estamos vivendo no Estado da Paraíba. Todo mundo sabe que começou uma discussão do impedimento do governador João Azevêdo. Não existe prova nenhuma de culpa do Governo João em relação a qualquer tipo de improbidade. Para se fazer o impeachment é preciso ter crime de responsabilidade”, destacou o parlamentar.

Fonte: lenilsonballa


DEIXE SEU COMENTÁRIO