65 dias após o primeiro caso de covid-19, Guarabira é terceiro lugar na Paraíba com 2.050 e 30 mortes

Pouco mais de dois meses do registro do primeiro caso de covid-19, a cidade de Guarabira ultrapassou a marca de 2 mil, neste sábado (27/06). De acordo com dados divulgados pela Secretaria de Estado da Saúde, 2.050 pessoas já foram infectadas pela doença na cidade. 30 delas morreram. A última foi o pastor evangélico Hélio Ramos, de 53 anos de idade.

Guarabira ocupa a terceira posição entre 217 municípios paraibanos com registro de covid-19, ficando atrás apenas de Campina Grande (6.389) e João Pessoa (12.449). Quando se aplica o cálculo de casos a cada mil habitantes, a capital do Brejo assume a liderança, com a maior taxa entre os 10 municípios mais populosos do estado, embora seja a nona cidade em população.

Até agora, o prefeito Marcus Diogo (PSDB) não disse se adotará novas medidas para conter o avanço da pandemia, que, nos últimos 30 dias, cresceu na casa de 400%. As mortes em decorrência da doença eram cinco, há um mês. Hoje, são cinco vezes mais.

Lideranças de oposição têm criticado o prefeito e cobrado providências. “O prefeito é omisso, e, quando age, o faz tardiamente. O Município não criou gabinete de crise, sala de monitoramento e plano de contingência. A gestão local faz pouco caso dessa tragédia que estamos vivendo”, disse Célio Alves, uma das vozes mais atuantes durante a pandemia. 


DEIXE SEU COMENTÁRIO